Avisos

  • 24-03-2017

    Dia 29 de março (quarta-feira), das 9h às 11h

  • 24-03-2017

    Dia 28 de março (terça-feira), das 9h às 12h

  • 16-03-2017

    O início dos trabalhos está previsto para dia 20 de Março (segunda-feira) e a intervenção tem a duração de 120 dias.

  • 19-01-2017

    Os Serviços Municipalizados de Água e Saneamento de Almada informam que o planeamento para a execução da obra de renovação das redes de abastecimento de água e de drenagem de águas residuais na Av. Rainha D. Leonor e na rua Luís de Queirós, teve que sofrer alterações, por motivos técnicos e que determinaram um atraso no início dos trabalhos. Neste âmbito, no sentido de manter esclarecidos todos os munícipes locais e que possam ser afetados de alguma maneira, informamos que a obra, já se encontra a decorrer.

  • 20-03-2015

    Os SMAS de Almada informam, que alguns indivíduos, fazendo-se passar por técnicos de análises, têm contactado as pessoas numa tentativa de efetuar análises à qualidade da água nas casas dos consumidores, pondo em causa a qualidade da água distribuída no Concelho.

  • 20-02-2015

    No ano de 2002, todas as cauções foram devolvidas aos clientes.

LINHAS DIRETAS

Apoio ao Cliente
212 726 001
Dias Úteis (8H30-17H30)
Comunicação de Leituras
212 726 101
24 Horas
Roturas na Via Pública
800 205 712
24 Horas
Piquete
212 726 161
24 Horas

ETAR de Valdeão

A ETAR do Valdeão, em exploração pelos SMAS de Almada desde 1996, foi concebida e construída pelo IGAPHE para o tratamento dos efluentes hospitalares do Hospital Garcia de Orta e parte do aglomerado populacional do Bairro do Matadouro, correspondendo a uma população de 6000 habitantes equivalente. 

Ao longo do seu período de vida, a ETAR do Valdeão tem sido objeto de obras de optimização e grande beneficiação de equipamento (parafuso transportador de lamas, filtro de banda, bombas submersíveis). Em breve a ETAR passará a dispor de gradagem de malha fina (3 mm) em substituição da anterior gradagem de 20 mm.

O processo de tratamento consiste nas seguintes operações e processos unitários. 

fase líquida: gradagem de 20 mm, desarenação em canal, elevação de caudal, tratamento biológico por lamas activadas de arejamento prolongado e decantação secundária convencional com descarga final na linha de água, afluente ao rio Tejo. 

fase sólida: floculação das lamas biológicas e desidratação em filtro de banda.

Visualizar o Diagrama de Processo

Indicadores de Exploração